E você, o que quer?


Eu quero, na verdade, que ele leia meus textos, tente me descobrir. Até porque, hoje eu sou isso, amanhã aquilo e a mutação é constante.

Eu quero me apaixonar todos os dias por aquele cara não muito alto, nem magro, nem gordo, de olhos escuros, de abraço apertado, de encaixe perfeito, de barba cerrada, de amor sincero e sorriso doce.

Eu quero viver o que ninguém me permitiu que eu vivesse. Que ninguém me fez conhecer.

Eu quero enlouquecer de saudade, e quero que essa saudade me faça correr atrás dele onde quer que esteja só pra eu abraçá-lo.

Eu quero tudo ou nada. 8 ou 80.

Eu quero intensidade. Entrega.

Eu quero a verdade, nem que esta seja a mentira disfarçada...

2 comentários:

Eu li...sim, sou eu mesmo.